Coro Paulista de Trombones

Concerto realizado em:
09/11/2019 na Catedral da Sé
– Nave Principal

Formado por trombonistas de grandes orquestras paulistas, o grupo realiza seu concerto de estréia na nave da Catedral da Sé. Obras que vão do século XVII ao século XX serão executadas com regência do maestro Lucas Araújo. Destaque para Bachianas Brasileiras Nº 5, de Heitor Villa Lobos, com participação da soprano Marly Montoni

Previous
Next

Sobre

O Coro Paulista de Trombones é regido pelo maestro Lucas Araújo, que iniciou seus estudos aos 10 anos, como trombonista. Hoje, Araújo destaca-se como um dos principais regentes da nova geração nacional. Estudou com o Maestro Roberto Tibiriçá, a regente americana Marin Alsop e é membro da Academia de Regência da OSESP. Em 2018, foi finalista no prêmio Jovem Regente da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. 

Oito integrantes compõem o Coro Paulista de Trombones. Carlos Freitas (trombone tenor) é primeiro trombone solo da Orquestra Sinfônica da USP, Orquestra Bachiana Filarmônica SESP SP e integrante do Grupo Trombonismo. Marim Meira (trombone tenor) é trombonista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e regente titular da Corporação Musical Lyra de Mauá. Emerson Teixeira (trombone tenor) faz parte da Orquestra Sinfônica da USP e da Orquestra Sinfônica de Piracicaba. Marcos Alex (trombone tenor) é trombonista da Orquestra do Theatro São Pedro. Reginaldo Thimóteo (trombone tenor) é primeiro trombone da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos. Juliana Villalba (trombone tenor) Natural de Porto Alegre é trombonista da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI SP. Agnelson Gonçalves  (trombone tenor e baixo) é graduado em música pela Universidade de São Paulo – USP. É Cabo Músico da Banda do Comando Militar do Sudeste (Exército Brasileiro). Maurício Martins é trombonista baixo da Orquestra do Theatro São Pedro. 

A soprano Marly Montoni destaca-se atualmente na nova geração de cantores líricos do Brasil. Se apresentou nos mais importantes teatros e salas de concerto do país, como Theatro Municipal de São Paulo (óperas Nabucco, de Verdi; Fidelio, de Bethoven; Turandot de Puccini , Réquiem de Andrew Lloyd Webber e Canata El Niño de John Adams). Foi solista contratada do Theatro São Pedro, em São Paulo, de 2015 a 2017, onde participou de diversas óperas e concertos.