Fábio Caramuru. Praça da Sé I: Natureza

Evento realizado em:
07/09/2019 na Catedral da Sé

Elementos naturais esculpidos na Catedral da Sé são o ponto de partida para este concerto. A partir da identificação das nomenclaturas de espécies presentes em relevos e esculturas (realizada pelo botânico Anderson Santos*), foi elaborado um recorte de obras musicais de Tom Jobim e Fábio Caramuru relacionadas à natureza. Flores, Frutos, Pássaros e outros itens também serão lembrados em interpretações de obras como Sabiá, A Correnteza, Cigarra e outras. Perpassa a apresentação a lembrança de como era espaço de mata ocupado hoje pela Praça da Sé.
O concerto abre o recorte de uma série de 6 apresentações que abordarão diferentes momentos e camadas históricas da Praça.
*Anderson Santos é Mestre em Biodiversidade Vegetal e Meio Ambiente, criador e diretor da Escola de Botânica e apresentador do Terra Brasil (Animal Planet / Netflix).

Previous
Next

Sobre

Fábio Caramuru apresenta-se regularmente no Brasil, Estados Unidos, Ásia e Europa, em recitais solo e com orquestras. É mestre pela ECA–USP. Foi o último aluno brasileiro de Magda Tagliaferro, em Paris, na década de 1980. Estreou como solista da OSESP, em 1977. Em 2007, participou de diversos concertos em razão dos 80 Anos do nascimento de Tom Jobim, tendo sido solista da OSUSP, na Sala São Paulo, e da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, no Theatro São Pedro. Na música erudita, destacam-se: sua participação na gravação da obra “Das Lied von der Erde” de Gustav Mahler, em versão camerística de Arnold Schoenberg (Editora Algol); a realização do ciclo “Dichterliebe” opus 48 de Schumann, com o tenor Fernando Portari, na Sala São Paulo e outras.
Desde 2013, dedica-se ao projeto autoral “EcoMúsica”, baseado na interação entre música e sons da natureza brasileira em seus diversos ecossistemas, bem como ao duo “Brasil em Dois Pianos”, ao lado do pianista e arranjador Marco Bernardo.